Futuros do minério de ferro fecham quinta-feira com leve valorização

ago 09, 2018

A sessão desta quinta-feira foi marcada, na bolsa chinesa de mercadorias de Dalian, por leve valorização nos contratos futuros do minério de ferro. O ativo de maior liquidez, com vencimento em janeiro de 2019, registrou alta de 0,39% a 514,0 iuanes para cada tonelada do produto. Dessa forma, a variação diária foi de 2 iuanes.

Já para o vergalhão de aço, a jornada foi marcada por desvalorização na bolsa de mercadorias de Xangai. O ativo mais negociado, data de entrega em outubro, teve perdas e 13 iuanes para um total de 4.227 iuanes por tonelada. O segundo contrato de maior liquidez, para janeiro, apresentou queda de 14 iuanes para um total de 4.095 iuanes por tonelada.

Na sessão de ontem, o preço da tonelada do minério de ferro chegou a US$ 70 pela primeira vez em seis meses. A escalda do preço é reflexo da uma ação do governo chinês contra a poluição e o excesso de capacidade das siderúrgicas que operam no país.

Os mercados de ações da China se recuperaram nesta quinta-feira, com os investidores comprando ações de saúde prejudicadas por uma recente onda de vendas generalizadas, enquanto os papéis de empresas de tecnologia passaram por rali com expectativa de mais incentivo do governo.

Esses setores foram gravemente prejudicados por grandes vendas, desencadeadas pela disputa comercial entre os Estados Unidos e a China, com preocupações com a desaceleração do crescimento econômico e temores de mais cortes nos preços dos imóveis.

As ações de tecnologia subiram depois que a China anunciou a reforma de um grupo de liderança nacional encarregado de planejar e estudar suas principais estratégias de desenvolvimento tecnológico, sinalizando a possibilidade de mudanças políticas que poderiam beneficiar o setor de tecnologia da China.

Com Reuters.