Futuros do Ibovespa iniciam a sessão desta quinta-feira com ganhos

out 11, 2018

Após a forte queda da sessão de ontem, em meio ao desempenho das bolsas americanas e incertezas após declarações de Jair Bolsonaro (PSL), o índice futuro do Ibovespa abre o dia com ganhos de 0,57%, aos 84.175 pontos, reagindo aos números da pesquisa Datafolha de ontem.

O índice acionário de Xangai registrou uma queda acentuada para a mínima de quase quatro anos nesta quinta-feira, depois de perdas nos mercados globais após recuo em Wall Street.

Os investidores venderam suas posições em meio a uma combinação de fatores, incluindo o aumento da taxa de juros nos Estados Unidos, a disputa comercial entre a China e os EUA, assim como os alertas do FMI sobre a estabilidade financeira global e os riscos ao crescimento econômico.

Steven Leung, diretor de vendas da corretora UOB Kay Hian, disse que o impacto da venda de ações nos EUA e as preocupações com a guerra comercial estavam pesando sobre as ações e perdurariam em toda a Ásia.

A agenda econômica americana reserva importantes indicadores nesta sexta-feira, como índice de preços ao consumidor, pedidos de auxílio-desemprego e também os números dos estoques de petróleo.

Em agosto de 2018, o comércio varejista nacional cresceu 1,3% frente a julho, na série com ajuste sazonal, compensando, assim, grande parte da queda de 1,5% acumulada nos últimos três meses. Nessa comparação, a receita cresceu 1,5%. Com isso, a média móvel trimestral (0,3%) reverteu o sinal negativo observado em julho (-0,5%).

Em meio a esse clima negativo nos EUA, e na véspera do feriado de amanhã, o mercado deve também reagir os dados da primeira pesquisa Datafolha do segundo turno, com o candidato Jair Bolsonaro (PSL) aparecendo à frente de Fernando Haddad (PT) com 58%, contra 42%.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 3,89 por cento, a 22.590 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 3,54 por cento, a 25.266 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 5,22 por cento, a 2.583 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 4,80 por cento, a 3.124 pontos.

Na Europa, com os mercados abertos, o DAX apresenta retração de 1,18% aos 11.574,09 pontos, enquanto em Londres, o FTSE cai 1,68% ais 7.024,24 pontos. Já em Paris, o CAC tem desvalorização de 1,64% aos 5.120,67 pontos.

Commodities

A sessão desta quinta-feira, na bolsa de mercadorias de Dalian, na China, foi marcada por uma leve desvalorização nos preços do minério de ferro após as altas dos últimos dias. O contrato de maior liquidez, para janeiro de 2019, teve queda de 0,39% a 512,00 iuanes por tonelada, montante que representa uma variação diária de 2,00 iuanes.

Em relação aos contratos do vergalhão de aço, que tem os ativos transacionados na bolsa de mercadorias de Xangai, a jornada também foi de ganhos. O ativo com data de entrega janeiro apresentou alta de 13 iuanes para 4.056. Já o segundo papel mais negociado, de maio de 2019, os ganhos foram de 22 iuanes, para 3.784.

O dia também é de perdas expressivas para o petróleo nos mercados internacionais. Em Nova York, o barril do tipo WTI perde 1,64%, ou US$ 1,20, a US$ 71,97, enquanto que em Londres, o FTSE tem queda de 1,90%, ou US$ 1,58, US$ 81,51.

Mercado Corporativo

O conselho de administração da Eletropaulo (SA:ELPL3) aprovou o nome de Rosario Zaccaria para o cargo de diretor vice-presidente da companhia, em substituição a Artur Manuel Tavares Resende, de acordo com comunicado divulgado na manhã desta quinta-feira pela distribuidora.

A troca na diretoria ocorre pouco após a AES concluir a venda da Eletropaulo para a elétrica italiana Enel (MI:ENEI), focando seus negócios no Brasil na subsidiária de geração AES Tietê (SA:TIET11).

Resende foi eleito diretor vice-presidente de operações da Eletropaulo em 4 de outubro do ano passado e seu mandato se encerraria em 31 de março de 2019, de acordo com informações no site da companhia.

A venda de cimento no Brasil em setembro voltou a cair e o setor espera amargar em 2018 o quarto ano consecutivo de retração, embora espere um início de retomada em 2019, em uma expectativa mais apoiada na esperança de fim de incertezas políticas que têm paralisado o país.

A comercialização de cimento no Brasil caiu 5,6 por cento em setembro, para 4,564 milhões de toneladas, acumulando retração de 2,2 por cento no ano ante mesma etapa de 2017, informou nesta quarta-feira a associação de fabricantes do insumo, Snic. Com o resultado, a entidade espera que as vendas em todo o ano de 2018 caiam cerca de 2 por cento, acumulando uma retração em quatro anos de 26 por cento.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) indeferiu recurso da Petrobras (SA:PETR4) e manteve decisão de não pagar à petroleira estatal subsídios relativos à primeira fase do programa de subvenção ao diesel, do governo federal, informou a autarquia nesta quarta-feira.

A petroleira aguardava receber cerca de 60 milhões de reais da agência referentes a esse período, de 30 de maio a 7 de junho, afirmou um executivo da petroleira à jornalistas no fim do mês passado, sem entrar em detalhes sobre as discordâncias.

A agência também não explicou nesta quarta-feira os motivos para decidir não pagar à Petrobras.

A varejista de vestuário holandesa C&A planeja ampliar os investimentos no mercado brasileiro no próximo ano, com expectativa de colher resultados um pouco melhores que em 2018, disse o presidente da companhia no país, Paulo Correa, nesta quarta-feira.

"Nós trabalhamos com um cenário conservadoramente positivo. Em tese, vai ser um pouco melhor que em 2018", afirmou Correa durante o evento do grupo de tecnologia VTEX, em São Paulo.

De acordo com ele, a empresa já tem oito novas lojas contratadas para 2019 e dará continuidade aos esforços de renovação de parte dos 280 pontos existentes. Em 2018, a C&A abriu mais de 60 unidades, incluindo reinaugurações, disse Correa.

Questionado sobre o desempenho da plataforma de comércio eletrônico da C&A no Brasil, lançada em 2015, o executivo ressaltou a companhia vem se empenhando para integração dos canais físicos e online. Atualmente, mais de 25 por cento das vendas pelo site são para retirada dos produtos em loja, segundo ele.

A Petrobras e a Murphy Oil fecharam por meio de subsidiárias um contrato para criar uma joint venture composta por todos os ativos em produção situados no Golfo do México de ambas as empresas, que prevê até 1,1 bilhão de dólares a serem recebidos por unidade da petroleira brasileira, informou a Petrobras em nota nesta quarta-feira.

A Murphy Exploration & Production Company será a operadora da joint venture, com 80 por cento de participação, enquanto a Petrobras America deterá os demais 20 por cento.

A nova empresa terá uma produção média estimada de aproximadamente 75 mil barris de óleo equivalente por dia no quarto trimestre de 2018.

A joint venture deterá os campos em águas profundas Cascade, Chinook, St. Malo, Lucius e Hadrian North, Cottonwood, Hadrian South, Dalmatian, Front Runner, Clipper, Habanero, Kodiak, Medusa e Thunder Hawk; e os campos em águas rasas South Marsh Island 280, Garden Banks 200/201 e Tahoe.

Agenda de Autoridades

A quinta-feira do presidente Michel Temer tem como único compromisso uma reunião como o Embaixador Marcos Galvão, Ministro de Estado interino das Relações Exteriores; Valter Casimiro, Ministro de Estado dos Transportes, Portos e Aviação Civil; Moreira Franco, Ministro de Estado de Minas e Energia; Carlos Marun, Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República; Ildo Wilson Grudtner, Secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia; Wilson Ferreira Júnior, Presidente da Eletrobras (SA:ELET3), e André Pepitone da Nóbrega, Diretor Geral da ANEEL.

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, passa o dia em seu gabinete com despachos internos.

Com Reuters.