Forjas Taurus cai mais de 6% com realização de lucros e ação do Ministério Público

mai 17, 2018

Investing.com - Após fechar com forte valorização de 10,0% na sessão de ontem, as ações da Forjas Taurus (SA:FJTA3) operam com expressiva desvalorização de 6,57% a R$ 1,85. O investidor aproveita para realizar os ganhos em dia de aversão ao risco e também com cautela sobre uma ação ajuizada pelo Ministério Público do Distrito Federal contra a companhia.

O MPDFT ajuizou uma ação civil pública e ação criminal contra a Forjas Taurus, que é acusada de vender armas defeituosas à Polícia Civil do DF. Os lotes foram adquiridos em 2014. A ação é baseada em laudo de perícia do Instituto de Criminalística que constatou o risco de disparo acidentais quando as armas caem no chão.

O MP teve cesso a vários relatos de panes durante o uso das armas, que geraram lesões a policiais. Na ação civil pública, os promotores pedem o pagamento de indenização de cerca de R$ 11,6 milhões a Forjas Taurus. Já a ação criminal cobra a responsabilização de seis executivos da companhia responsáveis pela venda do armamento. A acusação é de crime contra as relações de consumo, por “comercializar produtos em condições impróprias e induzir o consumidor a erro”.

Em 2017, o Ministério Público Federal do Sergipe já havia entrado com ação civil pública contra a Forjas Taurus pelos mesmos motivos. À época, a companhia negou falhas no produto.