Focus Economics corta projeção do PIB brasileiro para 1,7% em 2018

ago 07, 2018

A Focus Economics cortou pela terceira vez consecutiva a previsão para o crescimento da economia brasileira em 2018, levando em consideração a greve dos caminhoneiros e também cenário global menos favorável, com os altos preços do petróleo afetando as perspectivas para o país.

De acordo consultoria, a economia brasileira deve crescer 1,7% em 2018, queda de 0,2 ponto percentual na comparação com a pesquisa anterior. As informações constam relatório LatinFocus Consensus Forecasts, que avalia as condições econômicas dos países da América Latina.

Na visão dos analistas, continua sendo fundamental que o candidato alinhado com o mercado vença as eleições presidenciais de outubro, o que vai garantir uma recuperação sustentável. No entanto, o documento destaca que esse cenário ainda é incerto. Para 2019, a aposta de crescimento segue sendo de 2,5%.

O relatório cita que os dados econômicos fracos continuam a aparecer no segundo trimestre, confirmando que a greve dos caminhoneiros em todo o país descarrilou a recuperação da atividade econômica, que registrou em maio maior contração já registrada em maio, com as vendas no varejo despencando e a produção industrial no mesmo caminho.

Apesar disso, os analistas acreditam que o choque deve ser temporário, visto que o greve terminou no início de junho, e dados principais para depois da greve mostrou alguma melhora.

No campo político o documento destaca o apoio do Centrão à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) apontando como de centro-direita pela consultoria. A aliança é apontada como uma possibilidade de impulsionar a candidatura do tucano devido à maior exposição no horário político.