Fibria e WEG abrem temporada de balanços entre as ações do Ibovespa

out 23, 2018

Na quarta-feira, antes da abertura dos mercados, a Fibria (SA:FIBR3) e a WEG (SA:WEGE3) dão a largada da temporada de balanços entre as companhias que fazer parte do Ibovespa. Nos dois casos, são esperados lucros para o terceiro trimestre em um período com o real desvalorizado favorecendo as empresas exportadoras.

Para a fabricante de motores elétricos, o consenso do mercado é de lucro líquido por ação de R$ 0,17, sendo que no segundo trimestre o resultado foi de R$ 0,16. Já mesmo trimestre do ano passado, a WEG registrou lucro de R$ 0,19 por cada papel.

Em relação ao faturamento, o mercado estima R$ 3,06 bilhões no período, resultado que deve ser praticamente igual ao registro nos três meses anteriores. No entanto, o montante é bastante superior aos R$ 2,44 bilhões obtidos no mesmo trimestre do ano passado.

Já para a fabricante de papel e celulose recentemente adquirida pela Suzano (SA:SUZB3), o mercado estima lucro líquido por ação de R$ 1,82 e faturamento de R$ 4,26 bilhões. No trimestre anterior, o resultado por aço foi de R$ 4,50, ante estimativa de R$ 0,53, e receitas de R$ 4,72, ante estimativa de R$ 4,58.

No terceiro trimestre de 2017, o lucro da Fibria foi de R$ 1,34 por ação, enquanto o mercado apostava em R$ 1,00, enquanto o faturamento foi de R$ 2,84 bilhões, com estimativa de R$ 2,775 bilhões.

Também amanhã, mas após o pregão, será a vez a Vale (SA:VALE3), Via Varejo (SA:VVAR11) e Localiza (SA:RENT3) divulgarem seus números para o período.