Estrangeiros voltam a tirar dinheiro da B3; saldo segue positivo em R$ 1,2 bi

set 26, 2018

A sessão da última segunda-feira (24) foi marcada pela interrupção da entrada de investimentos de estrangeiros no segmento Bovespa da B3, após seis jornadas de alta. As compras foram de R$ 3,70 bilhões e as vendas de R$ 3,88 bilhões, representando resultado negativo no dia de R$ 185,438 milhões, com o acumulado do mês em R$ 1,229 bilhão.

Entre os investidores institucionais, o resultado da sessão foi negativo em R$ 116,550 milhões, resultado de compras de R$ 1,619 bilhão e vendas de R$ 1,736 bilhão. Com isso, o déficit acumulado do mês foi para R$ 734,890 milhões.

Os investidores pessoa física ampliaram a participação na bolsa, com entradas de R$ 1,868 bilhão e saídas de R$ 1,609 bilhão, resultado em saldo de R$ 259,751 milhões no décimo quinto dia útil do mês. No acumulado de setembro, o resultado é negativo R$ 505,945 milhões.

Entre as empresas públicas e privadas, resultado do mês é de -R$ 146,508 milhões, sendo que na décima quinta sessão de setembro foi de R$ 29,641 milhões. As entradas acumulam R$ 1,062 bilhão e as saídas de R$ 1,208 bilhão.

Os investimentos das instituições financeiras tiveram resultado negativo de R$ 15,595 milhões, com entradas de R$ 323,228 milhões e saídas de R$ 307,633 milhões. No nono mês, o resultado de momento é de R$ 159,641 milhões.

Em quinze dias, o segmento Bovespa girou, entre compras e vendas, um total de R$ 278,246 bilhões, o que leva a um resultado do dia R$ 15,171 bilhões e uma média diária de R$ 18,549 bilhões.