Energisa tem valorização com aumento no consumo de energia em julho

ago 24, 2018

Na manhã desta sexta-feira, as ações da Energisa (SA:ENGI4) operam com valorização de 0,58% a R$ 27,91, após a companhia divulgar os números do consumo de energia do grupo do mês de julho, que teve crescimento de 5,9% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Foi também a maior taxa desde 2013, com contribuição positiva de todas as suas nove distribuidoras da empresa.

Considerando o fornecimento não faturado, o consumo consolidado de energia do Grupo Energisa se situa em 2.432,8 GWh, um aumento de 7 por cento na mesma base de comparação, informou a companhia em comunicado nesta sexta-feira.

Os melhores aumentos de consumo cativo e livre foram registrados nas áreas de concessão da SEM (+8,4%), ESS (+6,8%) e ETO (6,7%). Esse desempenho foi impulsionado pelo aumento do consumo residencial, que avançou 7,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

O consumo da classe industrial mostrou crescimento de 6,1%, o terceiro melhor resultado do ano, com destaque para os avanços no consumo dessa classe nas áreas de concessão da ETO (+16,7%, favorecido pelo ramo de minerais não metálicos, em especial o setor de cimento).

O consumo consolidado (459,3 GWh) no mercado livre (TUSD) cresceu 13,1% no mês e o consumo consolidado cativo (1.992,0 GWh) aumentou 4,4%, segundo melhor desempenho do ano.

Em relação aos sete primeiros meses do ano, o consumo de energia elétrica nos mercados cativo e livre do grupo apresentou aumento de 3,4 por cento, para 17.576,0 GWh.