Energias do Brasil salta 4% com aumento de 58,9% no lucro líquido do trimestre

mai 10, 2018

Investing.com - As ações da Energias do Brasil operam com forte valorização de 4,38% a R$ 13,58, após a companhia apresentar balanço com lucro líquido de R$ 214,1 milhões no primeiro trimestre, resultado 58,9% superior ao do mesmo período do ano anterior.

A Coinvalores entende que o resultado foi positivo por mostrar um maior consumo na área de distribuição, além dos reajustes tarifários. A corretora avalia que os números da elétrica também foram favorecidos pelo maior volume de comercialização de energia, pela entrada em operação antecipada da usina hidrelétrica de São Manoel e pelo controle das despesas gerenciáveis.

Com isso, o EBITDA consolidado avançou 19,5% ante o primeiro trimestre do ano, com ganho de 3,8 pontos percentuais na margem EBITDA, que ficou em 27,1%.

A empresa, que opera distribuidoras de energia em São Paulo e no Espírito Santo e atua em geração e transmissão, teve um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 644,8 milhões entre janeiro e março, ou 19,5% mais que no mesmo trimestre de 2017.

A companhia destacou os efeitos positivos para o resultado de um recebimento de R$ 12 milhões por sua usina de Pecém e de um ganho de R$ 37,8 milhões com operações de proteção contra o chamado "risco hidrológico". Com isso, a margem bruta da companhia no trimestre foi de R$ 955 milhões, aumento de 9,3% na comparação anual.