Dinamarca - Ações fecharam o pregão em queda e o Índice OMX Copenhagen 20 recuou 0,86%

set 17, 2018

Dinamarca - As ações fecharam em queda no pregão de segunda-feira, com perdas nos setores de Assistência Médica, Software e Serviços de informática e Tecnologia, levando as ações a uma baixa.

No encerramento em Copenhague, o Índice OMX Copenhagen 20 recuou 0,86%, alcançando novo nível recorde mínimo de 1 mês.

O melhor desempenho da sessão no Índice OMX Copenhagen 20 veio das ações da Ambu B (CO:AMBUb), que subiram 1,76%, o que corresponde a 3,2 pontos, sendo negociadas a 185,2 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da Novozymes A/S B (CO:NZYMb) adicionaram 0,63%, ou 2,2 pontos, terminando o dia em 348,8, e as da Jyske Bank (CO:JYSK), que avançaram 0,57%, ou 1,8 pontos, no final das operações com 316,8.

O pior desempenho da sessão foi das ações da H Lundbeck (CO:LUN), que caiu 3,11% ou 12,5 pontos, com os papéis sendo negociados a 389,8 em seu fechamento. Genmab (CO:GEN) recuou 2,57%, ou 28,0 pontos, terminando em 1.062,5, e Gn Store Nord (CO:GN) diminuiu 1,94%, ou 6,4 pontos, para 323,2.

As ações em queda superaram os papéis com resultados positivos na Bolsa de valores de Copenhague com uma diferença de 88 a 37, enquanto 17 terminaram sem alterações.

Os contratos futuros de petróleo para entrega em novembro, caíram 0,51%, ou 0,35, para $68,42 por barril. Em outras commodities, petróleo brent para entrega em novembro, recuou 0,31%, ou 0,24, para atingir $77,85 por barril, enquanto os futuros de ouro para entrega em dezembro, avançaram 0,53%, ou 6,40, negociados a $1.207,50 por onça troy.

O par USD/DKK retrocedeu 0,54% para 6,3820, enquanto o par EUR/DKK avançou 0,01%, para 7,4607.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, aumentou 0,47% em 94,06.