Credit Suisse corta recomendação do Magazine Luiza para “neutra”; ações caem

jun 05, 2018

Investing.com - Após atingir na sessão de ontem o maior valor histórico para suas ações, a R$ 126,00, a terça-feira do Magazine Luiza (SA:MGLU3) é de forte queda de 3,49% a R$ 119,86. Os investidores reagem ao rebaixamento da recomendação dos papéis de outperform para neutra por parte do Credit Suisse. Por outro lado, o preço-alvo foi ajustado de R$ 75,00 para R$ 120,00.

No relatório enviado a seus clientes, a equipe do banco de investimentos vê os fundamentos da rede varejistas como positivos, mas entendem que a valorização das ações é a justificativa para o corte da recomendação. Somente neste ano, o ativo acumula ganhos de mais de 55%.

“Nós somos grandes adeptos da estratégia, visão e transformação da empresa, o que tentamos refletir em nossas premissas, assumindo um crescimento de dois dígitos na receita nos próximos anos, margens Ebitda estáveis até 2019 e uma grande melhora gradual daí em diante", afirmaram os analistas no documento.

Para o Credit Suisse, a companhia continuará sendo negociada com um prêmio em relação aos concorrentes, mas diferentemente do passado eles afirmam não ter certeza de que a varejista continuará superando estimativas fortemente.

O banco suíço elevou suas estimativas para o lucro do Magazine Luiza em 11% para 2018 e em 7% para 2019.

Com Reuters.