Cotação do petróleo em alta incentivado pelo furacão Michael

out 09, 2018

Os preços do petróleo subiam mais nesta terça-feira, depois que empresas que operam no Golfo do México fecharam quase 20% da produção de petróleo, enquanto o Furacão Michael se dirige para os estados ao leste do Golfo, incluindo a Flórida.

Enquanto o furacão se movia por cima do mar aberto, as empresas de energia pararam quase um quinto da produção de petróleo do Golfo do México e evacuaram o pessoal de 10 plataformas na segunda-feira.

O furacão Michael pode chegar a ser uma tempestade de categoria 3 na escala Saffir-Simpson que tem cinco níveis, antes de chegar à terra na quarta-feira, disseram os meteorologistas, potencialmente a mais poderosa tempestade a atingir a língua de terra da Flórida em pelo menos uma década.

Os contratos futuros de petróleo bruto West Texas Intermediate com vencimento em novembro, que são referência norte-americana, foi fixado em 37 centavos, ou cerca de 0,5%, para US$ 74,66 o barril às 10h45 na Bolsa Mercantil de Nova York.

Enquanto isso os contratos futuros do petróleo Brent, a referência internacional, estavam a US$ 84,47 o barril na Bolsa de Futuros ICE (ICE Futures Exchange) em Londres, um aumento de 56 centavos, ou cerca de 0,7%.

A cotação do petróleo também aumenta à medida que surgem mais evidências de que as exportações de petróleo bruto do Irã estão em declínio no período que antecedeu a reimposição das sanções americanas no próximo mês.

As sanções vão atingir as exportações de petróleo do Irã a partir de 4 de novembro, e Washington tem pressionado governos e empresas em todo o mundo para reduzir suas importações a zero.

As sanções estão sendo restabelecidas após o presidente Donald Trump abandonar o acordo nuclear com o Irã no início deste ano.

O Irã é o terceiro maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, fornecendo cerca de 2,5 milhões de barris por dia de petróleo bruto e condensado para os mercados neste ano, o equivalente a cerca de 2,5% do consumo global.