Cotação do petróleo continua a subir devido a preocupações com a oferta

set 28, 2018

Os preços do petróleo subiram na sexta-feira, à medida que as preocupações com a oferta pesavam e os investidores esperavam dados semanais sobre a contagem de sondas.

Os contratos futuros do petróleo West Texas avançavam 0,22%, para US$ 72,28 o barril às 10h54. Além disso, os contratos futuros de petróleo Brent, referência para preços do petróleo fora dos EUA, aumentaram 0,69% para um máximo de quatro anos de US$ 81,94 o barril

Na quarta-feira os EUA disse que não aumentaria a oferta para compensar a queda na produção.

O secretário de Energia, Rick Perry, disse em uma coletiva de imprensa que o governo Trump não estava considerando a liberação de petróleo da Reserva Estratégica de Petróleo americana, para compensar o impacto das sanções sobre o Irã que devem entrar em vigor em 4 de novembro.

A medida ocorre após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e a Rússia, em Argel, no domingo, não fazer nenhuma recomendação formal para qualquer aumento de oferta adicional nesta reunião. A Arábia Saudita, o maior produtor da Opep, diz que pode adicionar 1,5 milhão de barris por dia.

Os preços do petróleo vêm subindo nos últimos meses devido à preocupação com o aperto de oferta devido às sanções dos EUA contra Teerã, que já causaram a queda das exportações de petróleo do Irã.

Investidores também aguardavam os dados da contagem de sondas da Baker Hughes, que devem ser divulgados às 14h (horário de Brasília).

Em outras negociações de energia, os contratos futuros de gasolina RBOB avançavam 0,56%, para US$ 2,0810 o galão, ao passo que o óleo de aquecimento tinha ganhos de 0,24%, para US $ 2,3316 o galão. Contratos futuros de gás natural recuavam 2,16% para US$ 2,990 por milhão de unidades térmicas britânicas.