Commodities - Gás natural dos EUA mantém perdas após dados dos estoques

mai 17, 2018

Investing.com - A Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) afirmou que os estoques norte-americanos de gás natural tiveram aumento de 106 bilhões de pés cúbicos na semana que se encerrou em 11 de maio, o que se compara às projeções de 105 bilhões de aumento

A leitura desta quinta-feira se compara a um aumento de 89 bilhões de pés cúbicos na semana anterior e representa uma redução de 821 bilhões em comparação ao ano anterior, e também 501 bilhões de pés cúbicos abaixo da média de cinco anos.

O total de gás natural em estoque chega a 1,538 trilhão de pés cúbicos, o que representa 34,8% a menos que os níveis neste mesmo período do ano passado e 24,6% abaixo da média de cinco anos para este período do ano.

Após a divulgação do relatório, na Bolsa Mercantil de Nova York, contratos futuros de gás natural com vencimento em junho recuavam US$ 0,019, ou cerca de 0,7%, para US$ 2,796 por milhão de unidades térmicas britânicas às 11h33.

Os futuros estavam caindo US$ 0,017, ou cerca de 0,6%, cotados a US$ 2,798 antes da divulgação dos dados dos estoques.

A commodity estava a caminho de sua terceira sessão consecutiva de quedas, eliminando o ganho de 1,3% ocorrido na segunda-feira, com os modelos de previsão climática atualizados apontando para temperaturas acima da média cobrindo a maior parte do país até o final de maio.

A demanda por gás natural tende a subir nos meses de verão uma vez que as temperaturas mais quentes aumentam a necessidade de eletricidade produzida por gás devido ao uso de ar condicionado.