Com otimismo do mercado, GPA divulga balanço após fechamento da bolsa

jul 24, 2018

O Grupo Pão de Açúcar (SA:PCAR4) divulga nesta terça-feira, após o fechamento dos mercados, o resultado do segundo trimestre do ano. O consenso do mercado aposta em lucro líquido por ação de R$ 0,57 para o período, depois de ter registrado R$ 0,41 nos primeiros três meses do ano e de R$ 0,55 no mesmo período do ano passo.

Para a receita, a projeção é de resultado trimestral de R$ 11,67 bilhões, ficando acima dos R$ 11,34 bilhões dos primeiros três meses do ano. No segundo trimestre do ano passado, as receitas do grupo varejista foram de R$ 10,66 bilhões.

Entre as ações do segmento de varejo, o Banco do Brasil (SA:BBAS3) Investimentos (BB-BI) coloca as do Pão de Açúcar entre as preferidas, ao lado de B2W (SA:BTOW3) e Lojas Renner (SA:LREN3). Para o período, o banco aposta em alta de 10,4% na receita líquida, na base anual, para R$ 11,776. Já o Ebitda ajustando, na mesma base, deve avançar 23,2% para R$ 652 milhões.

O BB-BI tem preço-alvo das ações do GPA em R$ 103,50 para o final do ano.

Na primeira metade do mês, o GPA divulgou a prévia operacional do trimestre, mostrando que sua receita líquida total atingiu R$ 12 bilhões, uma evolução de 10,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo a empresa, essa alta reflete a melhora no canal Multivarejo e a continuidade do bom desempenho do Assaí, que apresentou elevação em sua receita líquida de 23,5%.

As vendas brutas 'mesmas lojas' cresceram 5,1% contra o mesmo período de 2017 e com forte evolução em comparação aos três primeiros meses de 2018, que teve uma elevação de 2,8%.

A Coinvalores chama a atenção para o fato de o resultado ser positivo mesmo com a greve dos caminhoneiros que acabou afetando toda a parte de distribuição do país. Outro ponto favorável foi o ganho de market share do canal Multivarejo, aumentando em 1,0 p.p., com destaque para as bandeiras Extra Hiper e Pão de Açúcar.