Com novas mudanças na diretoria, CCR volta a se destacar positivamente no Ibovespa

ago 03, 2018

Na reta final da sessão desta sexta-feira na bolsa paulista, as ações da CCR (SA:CCRO3) operam com forte valorização de R$ 4,660% a R$ 10,68. Os investidores receberam bem a notícia de novas mudanças na diretoria da companhia, principalmente devido às suspeitas de envolvimento em esquemas de corrupção.

A companhia de concessões de infraestrutura anunciou trocas de lideranças em algumas de suas principais linhas de negócios. Na CCR Aeroportos, Eduardo Camargo assume no lugar de Ricardo Bisordi. Cristiane Gomes passa a liderar a CCR AutoBAn, em substituição a Mauricio Vasconcellos e Roberto Siriani.

Wilson Omuro assume a chefia da unidade CCR Actua, no lugar de Wagner Gudson, enquanto André Costa passa a comandar a CCR EngelogTec, no lugar de Cristiane Gomes. A liderança das unidades ViaQuatro e da ViaMobilida passará a ser exercida por Luis Valença, no lugar de Harald Zwetkoff.

As mudanças vêm após a companhia ter anunciado há duas semanas a nomeação de Leonardo Vianna como novo presidente-executivo, em substituição a Renato Vale (SA:VALE3), que presidiu a CCR desde a fundação há duas décadas.

Na semana passada, a CCR informou que não pretende promover mudanças drásticas em sua estratégia com a indicação de Leonardo Vianna para a presidência-executiva da companhia de concessões de infraestrutura. A afirmação foi feita pelo diretor financeiro da empresa, Arthur Piotto Filho.

Segundo Piotto, parte "fundamental" da decisão que motivou a escolha do conselho de administração da CCR foi a experiência de Vianna como diretor de novos negócios da empresa desde 2002.

Com Reuters.