BRF lidera sobe mais de 6% e lidera ganhos do Ibovespa com mudanças na diretoria

set 17, 2018

Na abertura dos negócios desta segunda na B3, as ações da BRF (SA:BRFS3) operam com forte valorização de 6,50% a R$ 21,76, liderando assim os ganhos do Ibovespa. A companhia anunciou na manhã de hoje que contratou Neil Peixoto para assumir a vice-presidência de Qualidade, P&D e Sustentabilidade em substituição a Fabrício Delgado, que deixa a companhia após cerca de 20 anos na posição.

O executivo há mais de 25 anos na indústria de alimentos no Brasil e no exterior, além sólida experiência em P&D, qualidade, manufatura e negócios. O executivo iniciou sua carreira na Fleischmann & Royal em 1992 no Centro de Biotecnologia da companhia, passando depois para a Gerência de Food Service da América Latina. Em 2002, já na Kraft Foods, atuou como Diretor de Assuntos Regulatórios, Científicos e Nutrição da América Latina. Em 2007, assumiu a posição de Diretor de P&D para a unidade de Bebidas e Alimentos, onde atuou por cinco anos, primeiro nos EUA e posteriormente no México, onde também acumulou as posições de membro do comitê executivo da unidade de negócios e responsável pelo centro tecnológico da empresa no país.

Nos últimos 5 anos na Mondelez International na Suíça, Peixoto ocupava a posição de Diretor de P&D e Qualidade da Europa e Diretor Global de P&D e Qualidade para área de alimentos da empresa. O executivo é formado em Engenharia Química pela UFRJ e possui mestrado em Engenharia de Processos Bioquímicos pela mesma instituição, além de MBA pela COPPEAD/RJ e curso de especialização pela Harvard Business School.

De acordo com a BRF, Peixoto inicia os trabalhos na companha no dia 1º de novembro.