Bolsonaro dispara em 1ª pesquisa após atentado; veja a íntegra

set 10, 2018

Money Times - A primeira pesquisa de intenções de votos realizada após o atentado contra Jair Bolsonaro na última quinta-feira (6) revela um expressivo crescimento do candidato do PSL, mostra o levantamento feito pelo BTG Pactual (SA:BPAC11) em conjunto com a FSB Pesquisa.

O Instituto FSB Pesquisa entrevistou 2.000 eleitores. A margem de erro no total da amostra é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. As entrevistas foram telefônicas, realizadas por entrevistadores por meio de telefones fixos e móveis, nos dias 08 e 09 de setembro de 2018.

Na intenção de voto espontânea, quando o eleitor não recebe uma lista, o deputado federal saltou de 21% para 26%, enquanto Lula despencou de 21% para 12% em relação ao último levantamento feito entre 1º e 2 de setembro. Ciro Gomes fica em terceiro (de 4% para 7%).

Na lista estimulada, quando o respondente recebe as alternativas (sem Lula), Bolsonaro disparou de 26% para 30%.

Rejeição a Bolsonaro para de crescer

Além de receber alta na intenção de votos, o episódio do atentado à Jair Bolsonaro, do PSL, parece ter feito com que a rejeição do candidato parasse de crescer, mostra pesquisa eleitoral divulgada hoje (10) pelo BTG Pactual.

Embora a porcentagem de pessoas que não votariam nele permaneça a mesma (51%), a quantidade de pessoas que poderiam votar subiu 5 pontos percentuais, chegando a 40%. Além disso, a quantidade de eleitores que não conhece o candidato caiu para 7%.

Veja a íntegra da pesquisa:

Por Money Times