Bitcoin continua a cair após SEC adiar decisão sobre ETF

ago 08, 2018

O Bitcoin e outras criptomoedas estavam em baixa nesta quarta-feira após a Comissão de Valores Mobiliário dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) ter adiado sua decisão a respeito de um fundo negociados em bolsa baseado em criptomoedas.

O bitcoin recuava 9,21% para US$ 6.494,60, mínima de três semanas, na corretora Bitfinex às 09h37.

A SEC decidirá até o final de setembro se a VanEck Associates e a Solid Partners podem negociar seu ETF baseado em bitcoin, informou a agência na quarta-feira. A SEC já negou uma proposta similar do ETF em julho. A agência recebeu mais de 1.300 comentários do público sobre a mudança de regra que seria necessária para negociar um ETF de moeda virtual em uma bolsa.

As moedas digitais foram impulsionadas no início do mês em meio à expectativa de que um ETF baseado em bitcoin pudesse ser aprovado neste ano. Alguns analistas alertam que um ETF de ativos digitais provavelmente não será aprovado antes de 2019.

Criptomoedas caíam de forma geral após a notícia. A capitalização total de mercado das criptomoedas estava em US$ 231 bilhões no momento de redação desta matéria, o que se compara a US$ 256 bilhões na terça-feira.

O Ethereum, segunda maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado, recuava 11,72% para US$ 367,07 na corretora Bitfinex. O Ripple, terceira maior criptomoeda, caía 17,46% e era negociado a US$ 0,35069 enquanto o Litecoin era negociado a US$ 65,751, queda de 13,90%.

Em outras notícias, a África do Sul está considerando um imposto de renda sobre a negociação de criptomoedas. De acordo com um projeto do Serviço da Receita da África do Sul, o governo consideraria moedas virtuais como ativos intangíveis que estariam sujeitos a impostos. Se aprovado, operadores ou titulares teriam que declarar quaisquer lucros ou perdas da negociação como parte de sua renda tributável.