Bitcoin cai, relatório da União Europeia não recomenda proibição de criptomoedas

jul 04, 2018

Investing.com - O Bitcoin estava em baixa modesta nesta quarta-feira, já que investidores norte-americanos estavam em pausa para comemorar o Dia da Independência.

O bitcoin era negociado a US$ 6.557,00, em baixa de 0,65%, na corretora Bitfinex às 09h41.

Neste momento, a moeda virtual está em baixa de mais de 70% a partir de US$ 20.000, sua máxima recorde de meados de dezembro, e cada vez mais moedas digitais estão perdendo valor. As moedas digitais caíram nas últimas semanas em meio a uma crescente preocupação com questões de segurança e regulamentação,

Criptomoedas operavam em queda de forma geral, com o valor total de capitalização de mercado total caindo para US$ 269 bilhões no momento de redação desta matéria, em comparação com US$ 270 bilhões na terça-feira.

O Ethereum recuava 0,72% para US$ 468,88 na corretora Bitfinex. O Ripple, terceira maior criptomoeda, caía 2,52% e era negociado a US$ 0,48467 enquanto o Litecoin era negociado a US$ 86,012, queda de 0,36%.

Um relatório do Parlamento Europeu aconselhou os reguladores a não ignorarem as criptomoedas ou proibi-las. O relatório de 33 páginas, publicado na semana passada, solicita aos reguladores que tratem moedas digitais como qualquer outro instrumento financeiro e que as regulamentações devem ser uniformes nas jurisdições.

“Os decisores políticos e os reguladores não devem ignorar moedas virtuais, Nem devem tentar proibi-las. Ambas as abordagens extremas estão incorretas ”, afirmou o relatório.

À medida que moedas virtuais ganham mais popularidade, reguladores ao redor do mundo travam lutas a respeito da supervisão das moedas digitais.

Em outras notícias, a quantidade de dinheiro roubada em corretoras de criptomoedas aumentou no primeiro semestre do ano. De acordo com o relatório da CipherTrace, US$ 761 milhões foram roubados até agora em 2018, em comparação com US$ 266 milhões roubados em 2017.