BB Seguridade tem alta de mais de 3% em dia de divulgação de resultado trimestral

nov 05, 2018

Na reta final da tarde desta segunda-feira, as ações do Banco do Brasil Seguridade operam com forte valorização de 3,68% a R$ 28,15. A companhia divulga hoje, logo após o fechamento do mercado, o resultado do terceiro trimestre do ano.

O consenso do mercado aponta para lucro líquido por ação de R$ 0,47, resultado que fica abaixo dos R$ 0,60 obtidos no mesmo período do ano passado, ocasião que a aposta era de R$ 0,51 por papel. Em relação às receitas, a estimativa é de R$ 1,25 bilhão, contra R$ 1,65 bilhão obtidos um ano antes, quando as projeções eram de R$ 1,25 bilhão.

Levando em consideração o período entre abril e junho deste ano, o lucro por ação foi de R$ 0,5, um pouco abaixo dos R$ 0,46 esperados pelo mercado. Já para o faturamento, o volume apurado foi de R$ 1,26 bilhão, abaixo dos R$ 1,28 bilhão que eram esperados.

Segundo trimestre

A BB Seguridade (SA:BBSE3) registrou lucro líquido ajustado de 909,966 milhões de reais no segundo trimestre, queda de 4,8 por cento em relação ao mesmo período do de 2017, e revisou para baixo as previsões para o lucro no ano.

A queda do lucro ajustado, segundo a empresa, pode ser explicado "totalmente pela contração de 34,1 por cento do resultado financeiro combinado das coligadas e controladas da BB Seguridade, impactado pela queda na taxa média Selic e pela abertura da curva de juros futuros".

O resultado financeiro combinado de suas coligadas e controladas encolheu a 163,5 milhões de reais, ante 248 milhões de reais no mesmo trimestre do ano passado.

O lucro líquido contábil, que inclui os efeitos extraordinários da reestruturação de parceria com a Mapfre, foi de 1,062 bilhão de reais no segundo trimestre, alta de 11,1 por cento ante 2017.