Azul avança com lucro maior mesmo com alta dos custos com combustíveis

mai 10, 2018

Investing.com - As ações da Azul (SA:AZUL4) operam com valorização de 1,26% a R$ 31,39 na jornada desta quinta-feira, com os investidores recebendo positivamente o balanço dos primeiros três meses do ano. A companhia aérea teve lucro líquido de R$ 210,5 milhões, mesmo com o aumento de custos.

Para a Coinvalores, a companhia aérea conseguiu entregar um bom resultado mesmo com a pressão no preço dos combustíveis. Ainda que essa elevação nos custos tenha custado parte do ganho de margens visto no decorrer do ano passado. Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, a margem EBIT subiu de 11,1% para 12,5%, mas esses 12,5% estão abaixo dos 13,6% observados nos três últimos meses do ano passado

Para a corretora, os papéis já têm sofrido muito por conta especialmente do rally recente do petróleo e os demais aspectos do resultado vieram bem positivos, como bom crescimento no top line e redução do endividamento, então a divulgação pode ajudar a quebrar a sequência negativa dos papéis, ainda que o preço da commodity siga sendo um risco importante no curto prazo.

A XP Investimentos destaca que o crescimento do lucro líquido ficou perto do esperado pelo mercado, também destacando que o resultado veio mesmo com o aumento de custos combustível, que foi compensado pelo aumento da receita e

A Azul reportou crescimento de ~18% na receita líquida, que ficou em R$ 2,2 bi no 1T18 e ficou próximo às expectativas. Apesar de custos com combustíveis e resultou em margem operacional (EBIT) acima das expectativas, que estavam em torno de 11,5% e 12,0%.

A Azul mantém as projeções para o ano, o que inclui margem operacional entre 11% e13%, mesmo com pressão em preços de combustível.