Ações - Mercado futuro dos EUA se recupera antes de dados econômicos

mai 30, 2018

Investing.com - O mercado futuro dos EUA apontava para uma abertura em alta nesta quarta-feira, já que investidores deixavam de lado a incerteza política na Itália e aguardavam dados econômicos.

Os futuros do S&P 500 avançavam 13 pontos, ou 0,48%, para 2.705,25 pontos às 07h44 enquanto os futuros do Dow subiam 137 pontos, ou 0,53%, e chegavam a 24.514,0 pontos. Enquanto isso, o índice de tecnologia de futuros do Nasdaq 100 tinha alta de 25 pontos, ou 0,36%, e estava em 6.969,50 pontos.

Os mercados globais foram abalados na terça-feira, já que a crise política da Itália se aprofundava. Os esforços de última hora para formar um governo parecem improváveis, com a perspectiva de eleições em julho. Os investidores temem que uma eleição antecipada possa se tornar, na verdade, um referendo sobre o euro.

Enquanto isso, permaneciam as tensões comerciais entre os EUA e a China após presidente Donald Trump, ter dito na terça-feira que avançaria com US$ 50 bilhões em tarifas sobre produtos chineses. Autoridades chinesas responderam durante a noite que, embora as notícias sejam surpreendentes, elas protegerão seus interesses.

A cervejaria Anheuser Busch Inbev (BR:ABI) NV ADR (NYSE:BUD) estava entre as empresas com maiores ganhos antes do pregão, subindo 1,69%, ao passo que a rede social Momo Inc (NASDAQ:MOMO) avançava 1,43% e Royal Dutch Shell (LON:RDSa) PLC ADR (NYSE:RDSa)(LON:RDSa) estava em alta de 2,08%.

Por outro lado, Nokia (HE:NOKIA) Corp ADR (NYSE:NOK) (HE:NOKIA) recuava 0,34% enquanto a empresa de semicondutores NXP Semiconductors NV (NASDAQ:NXPI) caía 3,67% em meio a notícias de que a fabricante de chips Qualcomm (NASDAQ:QCOM) provavelmente obteria a aprovação da China para adquirir a empresa holandesa.

Investidores também aguardam uma enxurrada de dados econômicos que poderão dar uma visão sobre a força da economia dos EUA. A segunda leitura do Produto Interno Bruto do EUA no primeiro trimestre é esperada às 09h30, acompanhada por dados de empregos não agrícolas da ADP em 09h30. Os dados do ADP costumam ser um precursor dos dados mensais das folhas de pagamento não agrícolas, com divulgação marcada para sexta-feira.

Na Europa, as bolsas estavam majoritariamente em alta. O DAX da Alemanha subia 66 pontos ou 0,52%, o CAC 40 da França recuava 12 pontos ou 0,24% e o FTSE 100 de Londres tinha alta de 20 pontos ou 0,27%. Enquanto isso, o índice pan-europeu Euro Stoxx 50 tinha alta de 10 pontos ou 0,31% enquanto o IBEX 35 da Espanha subia 66 pontos ou 0,70%.

Com relação a commodities, contratos futuros de ouro recuavam 0,17% para US$ 1.296,80 a onça troy, ao passo que contratos futuros de petróleo dos EUA avançavam 0,22% para US$ 66,88 o barril. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,45% para 94,38.