Ações - Mercado futuro dos EUA indica estabilidade com comércio e política em foco

ago 23, 2018

O mercado futuro dos EUA apontava para uma abertura estável nesta quinta-feira com os principais índices perto de recordes históricos e investidores apreensivos em meio a uma nova escalada na guerra comercial EUA-China e preocupações sobre a posição política do presidente dos EUA, Donald Trump.

Os futuros do S&P 500 estavam pouco alterados em 2.861,75 por volta das 07h50, enquanto os futuros do Dow subiam seis pontos e chegavam a 25.723,0. Os futuros do índice com forte presença de empresas de tecnologia NASDAQ 100 caíam para 7.431,75.

Os mercados de ações permaneciam calmos, já que outra rodada de US$ 16 bilhões em mercadorias chinesas entrou em vigor nesta quinta-feira.

Pequim foi rápida em responder com promessas de apresentar uma nova queixa à Organização Mundial do Comércio e tarifas de retaliação sobre o mesmo valor.

A disputa comercial continua enquanto representantes de ambos os países se envolvem em negociações de menor escalão nos EUA.

No início desta semana, Trump minimizou as perspectivas de qualquer sucesso iminente das discussões, dizendo que ele não "esperava muito" da conclusão das reuniões.

A agitação política em Washington também pesava após as condenações criminais nesta semana de dois ex-associados de Trump.

Os investidores estavam ansiosos para uma reunião de autoridades de bancos centrais globais em Jackson Hole, que começou nesta quinta-feira depois que Federal Reserve não sinalizou nenhuma mudança em seu ritmo de aperto monetário.

As atas da última reunião do Fed mostraram que os decisores da instituição esperam que a economia dos EUA cresça em ritmo acima da tendência, sustentando a conjectura para novos aumentos de juros.

As atas do Fed também mostraram que as autoridades discutiram como as disputas comerciais globais poderiam afetar as empresas e as famílias.

Em notícias sobre resultados, Alibaba (NYSE:BABA) and Hormel (NYSE:HRL) deverão divulgar seus balanços antes da abertura enquanto Autodesk (NASDAQ:ADSK), Gap (NYSE:GPS), HP (NYSE:HPQ), Intuit (NASDAQ:INTU), Splunk (NASDAQ:SPLK) e VMware (NYSE:VMW) deverão apresentar seus números ainda no dia de hoje.

Em mercados cambiais, o índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,29% para 95,28, quebrando uma sequência de seis dias de perdas em meio à demanda por portos seguros.

Nos mercados de commodities, a cotação do petróleo caía porque preocupações com o fato de que as tensões comerciais poderiam atingir a demanda neutralizavam um relatório indicando uma queda nos estoques norte-americanos. A cotação do ouro estava sob pressão devido ao dólar mais forte.

No calendário econômico, um relatório sobre pedidos iniciais de seguro-desemprego deve ser publicado às 09h30 e dados do Índice Composto da Atividade dos Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) são esperados às 10h45.