Ações - Mercado futuro dos EUA estável enquanto tensões comerciais permanecem

ago 06, 2018

O mercado futuro dos EUA permanecia estável nesta segunda-feira, já que as tensões comerciais se mantinham e a temporada de resultados desacelerava.

Os futuros do S&P 500 avançavam 3 pontos ou 0,11%, para 2.842,75 às 07h50 enquanto os futuros do Dow subiam 32 pontos, ou 0,13%, e marcavam 25.442,0. Enquanto isso, o índice de tecnologia de futuros do NASDAQ 100 avançava 13 pontos, ou 0,18%, para 7.415,00 pontos.

As tensões comerciais entre os EUA e a China continuavam a se agravar, com a China atacando o presidente dos EUA, Donald Trump, devido a suas políticas comerciais. Na sexta-feira, Pequim disse estar pronta para retaliar com tarifas sobre até US$ 60 bilhões em produtos norte-americanos após a Casa Branca ter planejado propor 25% em vez de 10% sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses importados.

A temporada de resultados continuava a desacelerar nesta semana. Tyson Foods (NYSE:TSN), SeaWorld Entertainment Inc (NYSE:SEAS) e Cardinal Health (NYSE:CAH) estão entre as empresas que devem divulgar números antes da abertura, ao passo que Weight Watchers International Inc (NYSE:WTW), Etsy Inc (NASDAQ:ETSY), Herc Holdings Inc (NYSE:HRI), Marriott International Inc (NASDAQ:MAR) entre outras deverão divulgar seus resultados financeiros após o fechamento.

Berkshire Hathaway (NYSE:BRKa) estava entre as empresas com maiores ganhos antes do pregão, em alta de 2,58% após seus lucros operacionais trimestrais terem saltado 67% no trimestre passado. Facebook (NASDAQ:FB) avançava 0,43% enquanto Advanced Micro Devices Inc (NASDAQ:AMD) subia 1,95%.

Apple (NASDAQ:AAPL) recuava 0,01% após notícias de que um vírus de computador na Taiwan Semiconductor Manufacturing Co poderia atrasar entregas de chips para novos iPhones. Intel (NASDAQ:INTC) caía 1,49% enquanto Micro Focus International PLC ADR (NYSE:MFGP) estava em baixa de 3,55%.

Na Europa, as bolsas estavam em alta. O DAX da Alemanha subia 34 pontos ou 0,28%, o CAC 40 da França avançava 13 pontos ou 0,24% e o FTSE 100 de Londres tinha alta de 15 pontos ou 0,20%. Enquanto isso, o índice pan-europeu EURO STOXX 50 tinha alta de 9 pontos ou 0,27% enquanto o IBEX 35 da Espanha recuava 9 pontos ou 0,10%.

Com relação a commodities, contratos futuros de ouro recuavam 0,43% para US$ 1.218,00 a onça troy, ao passo que contratos futuros de petróleo dos EUA estavam em alta de 1,39% e o barril era negociado a US$ 69,44. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,23% para 95,25.