Ações - Mercado futuro dos EUA em alta antes de resultados corporativos

jul 31, 2018

O mercado futuro dos EUA estava em alta nesta terça-feira, já que investidores aguardava mais relatórios de resultados corporativos.

Os futuros do S&P 500 avançavam sete pontos ou 0,26%, para 2.810,25 às 07h50 enquanto os futuros do Dow subiam 36 pontos, ou 0,14%, e marcavam 25.321,0. Enquanto isso, o índice de tecnologia de futuros do NASDAQ 100 avançava sete pontos, ou 0,10%, para 7207,50.

A Apple (NASDAQ:AAPL) é o principal evento do dia, já que a maior empresa do mercado em termos de capitalização de mercado deverá divulgar resultados após o fechamento. Investidores estarão observando de perto as vendas das unidades do iPhone, além dos números de vendas e de lucros. A empresa avançava 0,09% antes do pregão.

Outras empresas que deverão apresentar resultados nesta terça-feira incluem Procter & Gamble Company (NYSE:PG), Pfizer (NYSE:PFE), Ralph Lauren (NYSE:RL), Baidu Inc.(NASDAQ:BIDU) entre outras.

Os investidores também aguardam uma enxurrada de decisões sobre política monetária de bancos centrais nesta semana. O Federal Reserve toma uma decisão de política monetária na tarde de quarta-feira, mas sem aumento de juros esperado. Investidores esperam que o Fed aumente as taxas de juros em setembro, com 87,8% de chances de que isso ocorra.

Twitter Inc. (NYSE:TWTR) estava entre as empresas com maiores ganhos após o pregão, subindo 1,53%. Dropbox Inc.(NASDAQ:DBX) avançava 1,91%, Microsoft (NASDAQ:MSFT) tinha ganhos de 0,53% e Deutsche Bank AG (DE:DBKGn) (NYSE:DB) saltava 2,81%.

Por outro lado, Chipotle Mexican Grill (NYSE:CMG) caía 2,26%, Logitech International SA (NASDAQ:LOGI) estava em baixa de 1,72% e Caterpillar (NYSE:CAT) recuava 0,93%.

Com relação a dados, a métrica de inflação preferida do Fed, em conjunto com relatório de renda pessoal e gastos pessoais, será divulgada às 09h30. O índice da atividade dos gestores de compras (PMI, na sigla em inglês) de Chicado será divulgado às 10h45, acompanhado pelos números sobre a confiança dos consumidores às 11h00.

Na Europa, as bolsas estavam em alta. O DAX da Alemanha subia três pontos ou 0,03%, o CAC 40 da França avançava quatro pontos ou 0,08% e o FTSE 100 de Londres tinha alta de 33 pontos ou 0,43%. Enquanto isso, o índice pan-europeu EURO STOXX 50 tinha alta de 11 pontos ou 0,32% enquanto o IBEX 35 da Espanha saltava 61 pontos ou 0,63%.

Com relação a commodities, os contratos futuros de ouro recuavam 0,037% para US$ 1.216,80 a onça troy, ao passo que os contratos futuros de petróleo dos EUA caíam 0,58% para US$ 69,72 o barril. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,08% para 94,06.