Ações - Futuros nos EUA com foco mudando de comércio para dados econômicos

set 20, 2018

Os futuros apontaram para uma abertura ligeiramente maior, com os investidores deixando de lado as preocupações com a atual guerra comercial entre os EUA e a China e voltando sua atenção para dados econômicos e ganhos mais tarde na sessão.

O blue chip futuros do Dow ganhava 43 pontos, ou 0,16%, às 7h44, os futuros do S&P 500 subiam 3 pontos, ou 0,10%, enquanto o índice futuro de tecnologia NASDAQ 100 tinha alta de 10 pontos, ou 0,13%.

Wall Street parecia preparada para fazer uma pausa nesta quinta-feira depois de encerrar a sessão anterior com uma nota forte, com o Dow subindo mais de 150 pontos.

Enquanto o tema da semana tem sido a tarifa olho-por-olho entre os EUA e a China, a falta de novos desenvolvimentos na quinta-feira, deixou os investidores abertos para reorientar sua atenção.

Na frente econômica, pedidos iniciais de seguro-desemprego e a atividade industrial do Fed de Filadélfia para setembro serão liberados às 9h30 e serão seguido pelo índice de venda de imóveis em agosto às 11h00.

Enquanto aguarda os dados econômicos, o dólar ficou em baixa em relação a seus principais rivais, ficando em torno do nível mais baixo em cerca de oito semanas, em parte como uma demanda segura para a moeda americana,com os investidores deixando de lado as preocupações comerciais por enquanto.

Às 7h46, o índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,31%, para 93,83.

Em meio a um punhado de divulgação de resultados marcados para a quinta-feira, a Micron Technology (NASDAQ:MU) está programada para divulgar os seus do quarto trimestre fiscal após o fechamento do mercado.

Os investidores estarão acompanhando de perto os resultados para obter mais informações sobre o setor de chips para ver se está caminhando para uma tendência de baixa cíclica, já que outras empresas do setor alertaram que a demanda no mercado de memória está diminuindo.

Outras empresas programadas para reportar lucros incluem Darden Restaurants (NYSE:DRI), Thor Industries (NYSE:THO), e Steelcase (NYSE:SCS).

Em outras notícias da empresa, o co-fundador do Alibaba (NYSE:BABA) Jack Ma, se afastou de sua promessa de criar 1 milhão de empregos nos EUA, dizendo que era um feito impossível devido à guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

A Tilray Inc (NASDAQ:TLRY) permaneceu no centro das atenções com ganhos de quase 8% no pré-mercado na quinta-feira, os produtores de cannabis se tornou o novo fascínio do mercado, com muitos analistas fazendo uma analogia com a febre das criptomoedas.

A Fox (NASDAQ:FOX) e a Comcast (NASDAQ:CMCSA) também estavam em foco, já que o Painel de Transmissões do Reino Unido disse que entraria em um leilão de três rodadas no sábado para decidir quem iria adquirir a emissora britânica Sky (OTC:SKYAY).

A Amazon.com (NASDAQ:AMZN) também estava sendo vista de perto pois a Bloomberg informou que a empresa estava considerando a abertura de até 3.000 de suas novas lojas sem caixa, a AmazonGo nos próximos anos.

Na Europa, as mais importantes bolsas do continente estavam em alta no pregão da metade da manhã, com a maioria dos setores em território positivo. O índice pan-europeu Stoxx Europe 600, medida mais ampla dos preços de ações da região, subia em torno de 0,5%, no início da tarde, a caminho de sua quinta sessão consecutiva de ganhos.

Mais cedo, as bolsas asiáticas fecharam em diferentes direções.