Ações - Futuros em baixa enquanto rendimentos do tesouro aumentam nos EUA

out 04, 2018

O mercado futuro dos EUA apontam para queda abrupta em Wall Street, já que o aumento nos rendimentos do Tesouro e as expectativas para futuros aumentos das taxas do Federal Reserve dominaram o ânimo do mercado.

Os futuros do S&P 500 caíam 12 pontos ou 0,43% para 2.918,75 a partir das 7h45, enquanto os futuros do Dow recuavam 99 pontos, ou 0,37%, para 26.773,0 pontos. Enquanto isso, o índice de tecnologia de futuros do NASDAQ 100 tinha queda de 44 pontos, ou 0,58%, para 7.620,0 pontos.

O rendimento em notas do Tesouro de 10 anos subiu subiu para níveis não vistos desde 2011, após dados econômicos otimistas e, comentários agressivos do presidente do Fed, Jerome Powell, na quarta-feira reforçaram as expectativas de que o Fed posa aumentar as taxas de juros novamente em dezembro e além disso.

O rendimento subiu 1,54% para 3,210% depois de saltar quase 4% na sessão anterior.

A Barnes & Noble (NYSE:BKS) estava entre as maiores ganhadoras antes do pregão, subindo 26,37% após a notícia de que está revendo uma possível venda.

Enquanto isso, General Electric (NYSE:GE) caía 0,80%, Intel (NASDAQ:INTC) recuava 0,94% e Tesla (NASDAQ:TSLA) tinha perdas de 0,27%.

Com relação a resultados, a Constellation Brands (NYSE:STZ) fabricante da cerveja Corona, irá liberar seu relatório financeiro antes da abertura. Enquanto a Costco Wholesale (NASDAQ:COST) deve divulgar seus lucros após a abertura.

Com relação aos dados econômicos, os pedidos iniciais de seguro-desemprego serão divulgados às 9h30. O vice-presidente do Federal Reserve, Randal Quarles, também deve falar no Comitê Bancário do Senado às 10h15.

Na Europa, as bolsas estavam em baixa. O DAX da Alemanha caía 37 pontos ou 0,31%, o CAC 40 da França recuava 59 pontos ou 1,09% e o FTSE 100 de Londres estava em baixa de 81 pontos ou 1,08%. Enquanto isso, o índice pan-europeu EURO STOXX 50 recuava perdeu 4 pontos ou 0,14% enquanto o IBEX 35 tinha queda de 27 pontos ou 0,29%.

Com relação a commodities, os contratos futuros de ouro recuavam 0,02% para US$ 1.202,60 por onça-troy, ao passo que os contratos futuros de petróleo dos EUA caíam 0,21%, para US$ 76,25 o barril. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,14% para 95,54.