Ações da B3 recuam antes da divulgação o balanço do segundo trimestre

ago 09, 2018

A B3 (SA:B3SA3) divulga, ao final da sessão desta quinta-feira, o resultado do segundo trimestre do ano. O consenso do mercado aponta para lucro líquido por ação de R$ 0,30, ficando acima dos R$ 0,21 registrados nos três primeiros meses do ano. No mesmo trimestre do ano passado, o resultado também foi de R$ 0,30. Na expectativa dos números, as ações da companhia recuam 1,84% a R$ 23,00.

Para a receita, o consenso é de um total de R$ 1,21 bilhão, superando os R$ 1,11 bilhão de janeiro a março e os R$ 970,9 milhões no segundo trimestre do ano passado.

A XP Investimentos estima que as receitas atinjam fiquem dentro do consenso, em R$ 1,219 bilhão, o que representa alta de 21,6% na comparação com mesmo período do ano passado e de R$ 9,7% na base trimestral.

O Ebitda, na visão da corretora, deve ser de R$ 857 milhões, ficando 26,8% acima do mesmo período ano passado. Já na base trimestral, o avanço esperado é de 9,7%. Com isso, a margem Ebitda deve ser de 70,2%, contra 69,6% do mesmo período do ano passado.

Para a Coinvalores, as estimativas de mercado indicam que a bolsa paulista irá registrar forte crescimento. Para a receita líquida se espera salto na casa dos 24% e já para a geração de caixa a alta fique acima dos 60%. Para o lucro líquido, estima-se que venha ao redor dos R$ 700 milhões, muito superior aos R$ 163,3 milhões reportados há doze meses.

O panorama para as operações segue bastante positivo em razão da elevada volatilidade de mercado que contribui para o volume negociado em suas plataformas e se traduz diretamente em faturamento para a B3.