A Melhor Criptomoeda para Investir em 2019

26 nov 2018

A Melhor Criptomoeda para Investir em 2019

Hoje em dia, as pessoas se fazem uma pergunta comum: qual é a melhor criptomoeda para investir? Estamos enfrentando um enorme boom nesse mercado. Mesmo há alguns anos atrás, as criptomoedas destinavam-se sobretudo a pessoas com conhecimentos de tecnologia.

Antigamente, as únicas pessoas que investiam eram pessoas que amavam criptomoedas. Havia também algumas centenas de criptomoedas, ao contrário de hoje.

Mas agora o mercado mudou muito. Em vez de amadores, investidores sérios estão inundando o mercado com as grandes. Além disso, o número de criptomoedas também aumentou. Em vez de algumas centenas, o número aumentou para cerca de 1.650.

A existência de uma grande quantidade de criptomoedas pode ajudar você a diversificar seu portfólio e a dar opções a você, mas às vezes isso poderá ser muito confuso.

Investir em Criptomoedas

Tal como com as ações, imóveis e ouro, a decisão de investir ou não em criptomoedas é uma decisão bem calculada que não pode ser coagida, induzida ou apressada. É importante que você chegue a uma conclusão por você mesmo. Você é o único responsável pelos prejuízos incorridos.

Isso quer dizer que você não precisa de ajuda para identificar a melhor criptomoeda para investir? Com certeza não! Na verdade, é aqui que você deve confiar mais nos outros. Antes de investir, você deve entender seus objetivos de investimento, delinear eles e então começar a trabalhar para alcançar eles.

Você terá que responder a perguntas como "o quão rápido eu quero meu lucro?", "Quanto dinheiro devo investir?", etc. As respostas a essas perguntas são o que dará coragem e irá empurrar você para a frente quando as coisas ficarem difíceis.

O Estado Atual dos Mercados da Criptomoeda

Tudo começou com o Bitcoin em 2009. O Litecoin e Ethereum rapidamente apareceram e competem ferozmente com o Bitcoin por uma parte da população do mercado. Em cerca de nove anos, várias criptomoedas surgiram, mas nenhuma passou pela onda que o Bitcoin passou em 2017. O preço aumentou em quase 4.000 por cento, levando a sua capitalização de mercado para cerca de 450 bilhões de dólares.

Existiam também cerca de 3.000 novas criptomoedas no mercado e cada uma delas diz ser ela a melhor depois do Bitcoin. Infelizmente, muitas dessas moedas desaparecem antes de sequer serem lançadas. De fato, 92 por cento dos projetos blockchain lançados desde 2015 falharam. Isso torna importante que se considere, cuidadosamente, em que criptomoeda investir antes de colocar seu dinheiro nela.

Bitcoin (BTC)

Introduzido pela primeira vez em 2009, o Bitcoin é a primeira implementação de uma rede de criptomoeda. Satoshi Nakamoto, um indivíduo anônimo ou grupo anônimo de pessoas, enviou o documento técnico do Bitcoin para criptógrafos e programadores de renome em 2008. Foi assim que o Bitcoin nasceu.

O documento intitulado "Bitcoin: um Sistema de Dinheiro Eletrônico Peer-to-peer" descreveu todos os detalhes e planos do Bitcoin. Em janeiro de 2009, Satoshi extraiu o primeiro bloco de Bitcoin, frequentemente chamado de Bloco Gênesis, para uma recompensa de 50 moedas. A extração do Bloco Gênesis levou à ativação da rede do Bitcoin.

Ao contrário das moedas tradicionais que dependem dos órgãos do governo e corporativos para a criação de moedas, o Bitcoin é diferente. O Bitcoin é um protocolo peer-to-peer descentralizado que depende de seus usuários para criar mais unidades. Mas não foi o primeiro.

Nick Szabo refletiu sobre a ideia de uma moeda digital descentralizada chamada de Bit Gold. E o Bitcoin pode ser visto como uma implementação direta do sistema Bit Gold. Em vez de um livro de contabilidade privado mantido por um órgão em um sistema centralizado, o livro do Bitcoin é público.

O livro público é chamado de blockchain.

Os tokens são criados e as transações são verificadas por um algoritmo de teste de trabalho e um processo chamado de mineração. Os mineiros verificam as transações através da resolução de um quebra-cabeça de computação e adicionam um bloco de transação à blockchain.

Haverá apenas 21 milhões de Bitcoins, esse é o limite, e desses Satoshi tem 1 milhão. A Fundação Bitcoin está, atualmente, desenvolvendo e mantendo a rede Bitcoin.

O que Torna Bitcoin Viável em 2019?

O que faz de Bitcoin uma boa opção para os investidores é a sua grande popularidade. Desde a sua criação, o Bitcoin sempre foi um favorito entre os fãs. Mas os recentes aumentos do preço também interessam aos investidores veteranos.

Atualmente, o Bitcoin tem uma capitalização de mercado de $127 bilhões, com um preço unitário de $7.500. Dos 21 milhões de bitcoins que existirão, 17 milhões já foram emitidos.

Problemas com Bitcoin

O Bitcoin, sendo uma criptomoeda desenvolvida em 2009, é muito mais lenta do que as outras criptos. O Bitcoin também enfrenta alguns problemas de escalabilidade. É por isso que a Bitcoin Foundation incorporou p sistema Segregated Witnedd, ou Segwit, para resolver alguns dos problemas.

A mídia mais convencional, muitos entusiastas da criptomoedas e também ambientalistas muito falaram sobre o consumo de energia devido ao Bitcoin. A mineração do Bitcoin desperdiça muita energia. Trata-se de cerca de 23 TWh, o que é suficiente para abastecer de energia todo o Equador.

Litecoin (LTC)

Charlie Lee, um ex-funcionário da Google criou o Litecoin em 2011. O Litecoin foi uma das primeiras criptomoedas criadas após o Bitcoin. Apesar de ele parecer uma altcoin, ele não é exatamente o mesmo que o Bitcoin. O Litecoin é também um projeto de criptomoeda peer-to-peer e opera sob a licença X11.

As principais diferenças entre o Litecoin e Bitcoin são:

  • O Litecoin tem um tempo de criação do bloco de 2,5 minutos, muito inferior aos 10 minutos do Bitcoin e usa um algoritmo de hash diferente.
  • Em vez do algoritmo SHA256 do Bitcoin, o Litecoin usa scrypt como um algoritmo de teste de funcionamento. A principal razão para usar scrypt é que é muito mais difícil criar plataformas FPGA e ASIC para scrypt. 
  • O Litecoin tem um maior número de moedas que circulam no mercado, 84 milhões para ser exato. Tal como no Bitcoin, a taxa de geração de tokens por bloco é reduzida a metade a cada 4 anos.

A equipe de desenvolvimento do Litecoin foi extremamente rápida ao resolver problemas relacionados com a escalabilidade. O Litecoin foi uma das primeiras criptomoedas a adotarem um sistema de controle segregado.

O Litecoin é compatível com a rede lightning, que permite processar transações aproximadamente quatro vezes mais rápido do que as do Bitcoin.

O Que Torna o Litecoin uma Boa Criptomoeda para Investir?

O Litecoin, atualmente, tem uma capitalização de mercado de $5 bilhões e um número total de 57 milhões de moedas circulando atualmente. O Litecoin também demonstra progresso consistente ao longo dos anos e nunca deixou de surpreender a comunidade da criptografia.

Além disso, o Litecoin é relativamente barato, cerca de $85. Grandes e pequenos investidores podem investir nessa criptomoeda.

Problemas com Litecoin

A Fundação Litecoin tem estado muito ativa no que diz respeito à melhoria da criptomoeda. Não existem grandes contratempos relativos ao Litecoin mas, tal como o Bitcoin, a criação do Litecoin também desperdiça muitos recursos.

Ethereum (ETH)

O Ethereum é o pioneiro no campo dos contratos inteligentes e no desenvolvimento de aplicativos descentralizados (DAPPs). É uma ideia original do adolescente gênio em programação, Vitalik Buterin. O pai de Vitalik, um profissional cientista da computação, fez com que o garoto se interessasse pelo Bitcoin e pelo conceito de criptomoedas. Anos mais tarde, Vitalik criou ele mesmo uma criptomoeda com o apoio de alguns entusiastas.

De acordo com Vitalik, a principal razão por detrás da criação do Ethereum foi o fato de o Bitcoin não ter a sua própria linguagem de programação. Então, Vitalik queria ter uma rede de criptomoeda que fosse muito mais inteligente do que o Bitcoin. O Ethereum tem a sua própria máquina virtual chamada de EVM.

A máquina virtual permite a criação de contratos inteligentes e de aplicativos descentralizados. Esses contratos são criados usando linguagens especiais de programação, tal como Solidity, Serpent, LLL e Mutan.

Essa plataforma de criptomoeda é o maior sistema de computação distribuída do mundo. O Ethereum também é a plataforma mais usada para a criação de projetos ICO, com aproximadamente 50% de participação do mercado. Isso dá uma ideia da popularidade do Ethereum.

Por que Investir em Ethereum?

Atualmente, cada token de Ethereum, ou Éter, está cotado em $463. O Ethereum tem uma capitalização de mercado de $46B. Apesar de a plataforma ter enfrentado muitos altos e baixos, ela nunca parou de progredir.

O que torna o Ethereum uma boa opção para investir é a sua popularidade e suas atualizações rápidas.

Problemas com o Ethereum

Tal como o Bitcoin e muitas outras altcoins, o Ethereum também usa o sistema de prova de funcionamento Proof-of-Work, para verificar as transações e criar novos tokens. Mas Vitalik se deu conta da ameaça que ele representa ao meio ambiente. Então, a equipe de desenvolvimento tomou a decisão de alterar lentamente a plataforma para ser assegurada pela prova de participação, Proof-of-Stake.

Eles desenvolveram grandes esforços de bifurcação para preparar a rede em direção à configuração Proof-of-Stake.

Não existem verdadeiros problemas com o Ethereum, já que a equipe de desenvolvimento o está sempre atualizando para seguir e antecipar os novos padrões da indústria. Mas, como sempre, a bifurcação em grandes quantidades poderá causar discrepâncias e poderá introduzir alguns erros ou lacunas.

Ethereum Classic (ETC)


O Ethereum Classic e o Ethereum são muito iguais na grande maioria dos aspectos, mas diferem em alguns deles. Em maio de 2016, DAO, uma organização autônoma descentralizada, criou um fundo de capital venture na plataforma Ethereum. Eles levantaram $168 milhões muito rapidamente.

Infelizmente, houve algumas brechas no sistema. Alguns especialistas da segurança e ativistas da blockchain apressaram-se em apontar falhas, mas essas não foram, de alguma forma, resolvidas. Consequentemente, em junho, um usuário anônimo violou o sistema e retirou 3,6 milhões de Ether.

Esses 3,6 mihões de Ether foram avaliados na época em cerca de $50 milhões.

Isso dividiu toda a base de usuários do Ethereum em dois. Algumas pessoas queriam que a Fundação Ethereum fizesse uma grande bifurcação para restaurar os tokens perdidos.

Mas os usuários mais ortodoxos queixaram-se que isso não devia ser feito, já que eles consideravam que a blockchain é imutável. De qualquer forma, a fundação orginal fez uma bifurcação para restaurar os Ethers.

Uma entidade diferente decidiu separar-se do Ethereum para apoiar a causa dos mais ortodoxos. Foi assim que o Ethereum Classic nasceu. Desde então, o Ethereum Classic sofreu enormes alterações e bifurca com bastante frequência, para separar-se ainda mais do Ethereum.

O Ethereum Classic Ainda é Relevante para os Investimentos em 2019?

Sim, claro, ele ainda é relevante. Apesar de separado do Ethereum, ele ainda segue os seus conceitos básicos. Ele tem a capacidade de criar contratos inteligentes, bem como aplicativos descentralizados. O Ethereum Classic está também atualizando a sua rede para ser suportada pelo sistema de teste de participação.

No presente momento, ele apresenta um preço de cerca de $17 por token com uma capitalização de mercado de $1,7B. O Ethereum Classicé um projeto muito promissor e, até agora, mostra bons números.

Ripple (XRP)

O Ripple é um protocolo de internet de fonte aberta que suporta liquidações brutas em tempo real, remissões rápidas e câmbio de moedas. Os criadores criaram o Ripple com um sistema de transferência de débito entre pares. O Ripple é estrutural e muito diferente das outras criptomoedas.

A rede Ripple suporta uma ampla variedade de moedas fiduciárias e até tokens digitais. O Ripple é praticamente cem vezes mais rápido do que o Bitcoin. Você poderá processar transações com o seu sistema avançado de consenso em 4 segundos, enquanto o Bitcoin exige, pelo menos, uma hora.

De acordo com os seus fundadores, o Ripple não está no mercado para competir com outras criptomoedas. Ao invés disso, eles estão desenvolvendo um sistema de transação da próxima geração para contrariar o tradicional, que é extremamente lento.

Por que Investir no Ripple?

O Projeto RippleNet é suportado pelos principais bancos e entidades empresariais, tais como Santander, UniCredit, UBS, Axis Bank, etc. De fato, os validadores incluem MIT.

Muitas pessoas dão a devida atenção ao Ripple porque a sua moeda, o XRP, tem um preço muito baixo. Mas eles não se dão conta que o Ripple não é explorável como a maior parte das moedas. Então, o mercado já tem o número total de XRP que terá no futuro. É por isso que ele está avaliado em $0,45, apesar de ter um limite de mercado de 17 bilhões de dólares.

O XRP é também a terceira criptomoeda mais popular e a mais comercializada. Suas transações mais rápidas e sua plataforma extremamente escalável está ajudando a RippleNet a crescer de forma contínua.

Problemas com o Ripple

Não existem problemas com o Ripple. Mas alguns consideram que o Ripple será centralizado, visto que as grandes empresa o apoiam. Então, se você se considera um purista da blockchain, então o Ripple poderá não ser a moeda certa para você.

Dash (DASH)

O dash é uma criptomoeda de fonte aberta entre pares que vem operando desde o início de 2014. No início, ele foi chamado de XCoin, mas em 2015, ele mudou seu nome para DarkCoin. Finalmente, ele foi renomeado de Dash, o que é uma abreviação de Digital Cash.

O Dash almeja ser uma rede de criptomoeda fácil de usar, autofinanciada e autogerenciada. Na realidade, ele é a primeira organização autônoma descentralizada a ser testada por Sybil.

Ao contrário do Bitcoin que tem uma rede de nível único, o Dash opera em dois níveis. O primeiro nível consiste em mineiros que extraem novos tokens, enquanto o segundo nível consiste em Nós Mestres, que executam várias tarefas. Essas tarefas incluem a plataforma de gerenciamento e realização de tarefas essenciais, tais como InstaSend e PrivateSend.

Devo investir em Dash em 2019?

Sim. Dash é um projeto promissor de criptomoeda que tem uma incrível estrutura de negócios. Também é extremamente seguro. As transações são rápidas e a plataforma oferece recursos exclusivos de escalabilidade.

No momento do presente escrito, Dash apresenta um limite de mercado de $2 bilhões e um preço de token de $245. De acordo com a Coinmarketcap, o volume diário do Dash é de cerca de $174 milhões, o que prova a sua crescente popularidade.

Zcash (ZEC)

A criação de Zooko Wilcox-o ' Hearn, Zcash, é uma nova versão do projeto Zerocoin. É basicamente o mesmo que o Bitcoin, mas oferece um nível adicional de segurança e anonimato. De acordo com sua equipe de desenvolvimento, ele não apoia atividades ilegais.

Zcash também permite que os usuários divulguem seletivamente informações sobre as transações e o saldo da conta. Esse recurso permite que as autoridades de regulação fiscal realizem auditorias.

O Que Torna o Zcash Atrativo em 2019?

Zcash é um projeto proeminente e está classificado entre as 20 principais criptomoedas. O recurso de privacidade é uma vantagem única.

No presente momento, Zcash tem o preço de $184 com 4,3M ZEC em circulação. Zcash apresenta uma capitalização de mercado de $800M e tem um volume de trading, por dia, de $52M.

Sim, você pode investir em Zcash. O projeto continua a ser relevante em 2019.

NEM (XEM)

Completamente desenvolvido com o Java, NEM é uma criptomoeda peer-to-peer com recursos revolucionários. Ao invés de um algoritmo de teste de trabalho genérico que é usado na maior parte das criptomoedas, NEM usa um sistema de teste de prova de importância.

NEM tem uma série de novos recursos, tais como contas com assinaturas múltiplas, sistema de reputação EigenTrust e mensageiro encriptado.

NEM funciona numa blockchain comercial chamada de MIJIN. Atualmente, MIJIN está desenvolvendo testes de estresse em instituições financeiras no Japão e em todo o mundo. O Japão ultrapassou os Estados Unidos, tornando-se número um no trading de criptomoedas. NEM tem um futuro brilhante, para dizer o mínimo.

Invistir em NEM: Devo Fazer Isso?

Atualmente, NEM apresenta uma capitalização de mercado de $1,5 bilhões e está classificado na posição 16. XEM, o token nativo de NEM, apresenta um preço relativamente baixo de apenas $0.17. Essa é uma boa opção para pessoas que pretendam investir pequenos montantes.

Monero (XMR)

Lançado em 2014, Monero tornou-se uma das criptomoedas mais comercializadas no presente momento. Ele se baseia no protocolo CryptoNote e se concentra, sobretudo, em oferecer uma criptomoeda descentralizada e escalável, orientada à privacidade.

Porque Devo Investir em Monero?

Monero apresenta atualmente uma capitalização de mercado de $2,1B, o que está acima de muitas criptomoedas populares, tais como ETC e Zcash. E essa capitalização de mercado está constantemente aumentando. Atualmente, XMR, o token nativo de Monero, tem um valor de $131, o que é ideal para os novos investidores.

Problemas com o Monero

O Monero se foca demais na privacidade. Muitas informações são criptografadas para ocultá-las até do próprio sistema e esse recurso é muito negligenciado.

O Monero passou por um crescimento rápido em termos de capitalização de mercado em 2016, quando ele se juntou a AlphaBay. AlphaBay foi um mercado da deep web que se especializou na venda de produtos ilegais e contrabandeados. Ele foi rastreado e fechado pela polícia em julho de 2017.

Monero também é de relativamente fácil mineração. Ele pode ser facilmente extraído usando CPU e GPU domésticas. O desenvolvimento de Monero é contra a mineração ASIC, então eles a bloquearam completamente. O recurso de fácil mineração do XMR tem uma grande popularidade.

Mesmo em outubro, XMR esteve manchetes por ter sido minerado em excesso. Um site chamado de Coin-drive desenvolveu um código de javascript portátil que permitiu que os websites e até o bloatmore extraíssem XMR em alguns computadores de usuários, sem qualquer consentimento.

Alguns sites que implementaram esse javascript foram honestos o suficiente para alertarem seus usuários, enquanto outros sites como The Pirate Bay sofreram um grande retrocesso por terem feito isso sem notificarem ninguém.

NEO (NEO)

Muitas vezes chamado de Ethereum chinês, NEO é uma criptmoeda de fonte aberta entre pares que é fundamentalmente semelhante ao Ethereum. Mas isso não significa que NEO seja um clone completo do Ethereum.

O NEO incorporou as caraterísticas do Ethereum como aplicativos descentralizados e contratos inteligentes, mas a equipe de desenvolvimento também melhorou.

Ao contrário do Ethereum, em que os contratos inteligentes só podem ser gerados usando linguagens de programação especializadas, no NEO, os contratos inteligentes podem ser gerados usando linguagens populares como C, C, Java, etc.

A equipe de desenvolvimento de NEO planeja apenas criar uma economia inteligente. E de acordo com eles, isso poderá ser alcançado através da combinação de ativos digitais, contratos inteligentes e identidades digitais. NEO é extremamente escalável e hipoteticamente ele também é seguro para a computação quântica. Então sim, NEO é muito futurista e poderá ser visto como concorrente do Ethereum.

Investir em NEO

Atualmente, NEO está classificado em 12º pela Coinmarketcap, com uma capitalização de mercado de $2,2B. Ao tempo do presente escrito, ele custa $34 com uma oferta de 65M NEO.

NEO não pode ser minerado como o XRP. Ao invés disso, a plataforma tem outra criptomoeda chamada de GAS, que é pode ser minerada. O GAS é minerado enquanto se mantém o NEO. Atualmente, esse recurso está apenas disponível em uma plataforma popular de câmbio chamada de Binance.

Problemas com o NEO

NEO apresenta uma grande potencial e a equipe de desenvolvimento está muito focada em seu objetivo. O único problema com NEO é que a equipe de desenvolvimento não tem um departamento de marketing.

Ao contrário das outras criptomoedas que poderão ser compradas sem grandes complicações, a compra de NEO poderá se tornar uma grande dor de cabeça. Atualmente, a única forma de comprar NEO é através das plataformas de câmbio, tais como Bitrex, Binance, etc.

Investir em Criptomoeda de Forma Inteligente

Não é segredo que o investimento em criptomoeda está associado a um sério risco de perda de dinheiro, devido à elevada volatilidade desse mercado. Por exemplo, quando você comprou Bitcoin, no final de abril de 2018, com a esperança de que ele pudesse vir a crescer novamente, você teria agora perdido 20%. Isso não é muito encorajador, certo?

Além disso, a compra de criptomoedas está diretamente relacionada a outras dificuldades, por exemplo, o processo complicado de registro nas bolsas, os possíveis riscos de pirataria das bolsas e carteiras, etc. Para mais informação sobre as criptomoedas, bem como sobre os riscos ao comprá-las, por favor, veja o artigo relacionado em nosso blog.

Mas existe uma solução que permite que você ganhe, mesmo nos piores momentos da criptomoeda, que são os CFD , ou contratos para a diferença. As principais vantagens dos CFDs são a possibilidade de abrir posições longas e curtas e a disponibilidade da alavancagem que permite que você invista, de forma significativa, montantes superiores àqueles que você costuma ter.

A Libertex permite que você teste o trading CFD agora mesmo e de forma completamente gratuita. Você só precisa se inscrever e receber um conta demo gratuita onde você pode praticar e operar sem qualquer risco. Nossa base de conhecimento também ajudará você a dominar todas as habilidades e nuances necessárias para negociar. Assim que você decidir que já sabe o suficiente e sabe como ganhar dinheiro de verdade, abra uma conta real e comece a sua carreira de sucesso como trader com a Libertex!

Esperamos que você tenha achado esse artigo útil. Desejamos a você crescimento profissional e um trading de sucesso!

Voltar